Destaque magazaine

Entrevista

Entrevista com Isolda Risso do Ateliê Amor em Retalhos

29 de maio de 2019

 

O Ateliê Amor em Retalhos surgiu em julho de 2017 com a missão de capacitar mulheres em vulnerabilidade, assistidas pelas Obras Sociais Irmão Áureo, oferecendo a elas um ofício que lhes permita se sustentar. Por meio das atividades realizadas pelo Amor em Retalhos, as mulheres enxergam a possibilidade de uma vida mais digna e da importância de ocuparem os seus espaços na sociedade. Isso permite a autoestima elevada e o autoconhecimento. Obras Sociais Irmão Áureo é uma entidade civil sem fins lucrativos que atua em várias cidades brasileiras. Conheça um pouco da história da empresária Isolda Risso.

 

1 – O que é o Amor em Retalhos?
O Amor em Retalhos é um ateliê de costura e artesanato, que trabalha para causas do bem. Produzimos e vendemos produtos de costura, bordado e outras formas de artesanato fino. A renda dos nossos produtos é revertida para as Obras Sociais Irmão Áureo, todavia, sempre que possível, auxiliamos outras pessoas e instituições que por ventura necessitem. Somos profundamente dedicadas à nossa causa e ao profissionalismo. Entendemos que qualidade é uma forma de amor. A missão do ateliê é amenizar a dor do próximo.

 

2 – Como tudo aconteceu?
A convite do meu filho e sua namorada que trabalham como voluntários há muitos anos, fui até este posto de atendimento para ver se poderia auxiliar uma família que o grupo de voluntários já atendia. Era uma senhora já idosa, com sérios problemas de saúde e com um filho de 24 anos com problemas mentais. Uma história muito triste e delicada. Após a visita à casa dessa senhora eu fui, junto ao grupo de voluntários, para o local onde as famílias são reunidas todos os domingos para o café da manhã, evangelização infanto-juvenil, orientação familiar, oficinas de bordado e recreação. Ao término da manhã de domingo é servida uma sopa a todos os presentes e distribuída uma cesta de legumes e verduras que são doados por comerciantes simpatizantes pela causa do bem. Neste primeiro dia a orientadora da oficina de bordado não tinha comparecido por problemas de saúde e meu filho me pediu se eu não poderia bater um papo com as mulheres do artesanato enquanto as outras atividades se concluíssem. Assim eu fiz e a partir daí fui me envolvendo com os trabalhos e capacitando essas mulheres, até que me surgiu a ideia de começar a vender panos de prato e toalhinhas, como uma forma de ajudar as despesas do cotidiano como água, luz, leite, pão, pois essa obra social não tem vínculo com o governo, empresa, município. Tudo é rateado entre os voluntários.

 

3 – Quais os objetivos do projeto?
O objetivo do ateliê é oferecer produtos de qualidade com valor justo, para auxiliar a manutenção do posto de atendimento e estruturar o espaço para que possamos oferecer contra turno escolar, escola de artesanato, e uma cozinha industrial para capacitar as pessoas do bairro que se interessarem. Levar uma oportunidade, uma perspectiva de vida mais digna. .

 

4 – Hoje o ateliê oferece quais produtos e serviços?
Oferecemos mimos e presentes como sachê, difusores, panos de prato, toalhas de lavabo, banho, nécessaire, mandalinhas, echarpes em seda, bandejas de colo, jogos americanos, personalizamos com bordados, lembrancinhas de casamento, batizado, maternidade, arranjos florais, caixas decoradas e também oferecemos curso de mesa posta.

 

5 – Para você, qual o segredo do seu sucesso?
O sucesso do Amor em Retalhos vem da qualidade dos seus produtos, aliada a um preço justo. Obviamente que o objetivo social colabora muito para que o público consuma nossos produtos, todavia o reconhecimento vem de muito trabalho, atendimento afetuoso, amor, dedicação e, acima de tudo, transparência.

 

6 – Você se sente realizada com o seu sucesso?
Interessante sua pergunta, ao menos para mim. Eu nunca almejei sucesso, acho que esta palavra é muito relativa, depende muito do que cada um busca. Se por um lado eu nunca me preocupei em ter o sucesso almejado por muitos, eu me empenhei e me empenho muito em me tornar um ser humano cada dia melhor, trabalhei muito para ter estabilidade financeira, mas sempre aliada à ética, meus colaboradores sempre foram reconhecidos e valorizados como ser humano e profissional. Tenho pessoas que estão comigo há 18 anos. Acredito que ninguém cresce sozinho, juntos somos mais fortes. Eu me sinto muito bem-sucedida pois tenho saúde, filhos, amigos e hoje posso me dedicar a um trabalho que acaricia minha alma e nele encontro forças para enfrentar as adversidades que por vezes a vida impõe a todos nós.

 

 

Por Cris Ávila
Apresentadora SBT Cuiabá – Colunista Diário de Cuiabá
E-mail:
contato@crisavila.com.br
Site:
www.maesefilhos.tv.br
Instagram:
@programamaesefilhos
Facebook:
Mães & Filhos